Senador do PSOL cria PL para criminalizar quem falar mal do Pablo Vittar

Share:


Hoje, quinta feira dia 20/09 o senador do PSOL, Tomás Oliveira Cavalcanti apresentou ao senado federal uma PL(Projeto de Lei) que propõe criminalizar civil e judicialmente pessoas que falarem mal do artista Pablo Vittar. 

A PL não foi muito bem recebida pelos seus colegas que o acusaram de estar querendo impor uma ditadura da opinião.

O senador afirmou que seu novo projeto de lei será um avanço gigantesco na promoção da proteção às minorias brasileiras que desde muito tempo tem sofrido por não terem as mesmas oportunidades dos heteros que se destacam na mídia como artistas.

A "PL Aceitar" como está sendo chamada vai passar por apreciação no senado e poderá ser votada antes do próximo mês. 

Muitos grupos ligados à comunidade LGBT festejaram a apresentação da PL e até mesmo fizeram passeatas e carreatas ao som das músicas de Pablo Vittar. 



Atenção! 
O Instituto Atorol é um blog que não deve ser levado a sério. 
Aqui não são postadas notícias, mas sim paródias e sátiras. 
Nada do que é postado aqui reflete a realidade.
Mas se você quiser acreditar nas nossas mentiras, porque não? 
Afinal de contas você acredita em um monte de excremento que você vê na tv, ou em sites que recebem dinheiro do governo e do George Soros. 
Então que se dane, compartilhe esta perojicaba desta matéria para o máximo de pessoas que você puder e deixe a treta viver!!!  

Curta a nossa PÁGINA NO FACEBOOK para que mais matérias idiotas como essa apareçam boiando no seu Facebook igual aquelas coisas estranhas - que eu não sei o que são - que ficam boiando no rio Tietê.

Ah, o cara da foto é o personagem Borat Sagdiyev, que foi interpretado pelo ator Sacha Baron Cohen no filme Borat.